Páginas

31 de mai de 2015

E se Jesus Voltasse nos Dias de Hoje?

Um dos maiores mistérios da vida, está voltada às religiões. Segundo a bíblia, Jesus nasceu há exatos 2014 anos, 5 meses e 6 dias (em tempo terrestre), contando de hoje (31/05/2015).

E ha dizeres e mais dizeres sobre a veracidade de tais fatos descritos da bíblia, pois, de certa forma, Jesus nasce na Terra, e a história sobre seu crescimento até a data a qual veio para Terra, sumiu. Não existe. Mas esse não e o ponto do post. Segundo escrituras, Jesus veio à Terra com a missão de reformar as leis de Deus.

E todas igrejas que creem na Cruz, contam sobre a volta de Jesus. Mas naquele tempo, de certa forma, era mais simples... Mas e se ele voltasse a Terra nos dias de hoje? 

O post não faz apologia à favor nem contra nenhuma religião.


Bom, hoje é indiscutível dizer que existem muitas religiões que vão contra Jesus Cristo, e ateus (alguns não tão ateus... mas não é o caso).

Se Jesus voltasse hoje em dia, haveria duas perguntas mundialmente feitas: "De onde ele veio? E porque?". Isto é fato. A questão é que caso ele voltasse, segundo a bíblia, ele desceria dos céus. A partir do fato de vir do céu, teria dois casos: Ou ele veio do espaço, ou de algum plano que se abriu dentro da Terra. Com a tecnologia de hoje, se viesse do espaço, as dezenas de satélites e estações espaciais o veriam, certo? Ou se esse outro "plano" abrisse, também detectariam anomalia no espaço aéreo... Portanto... Bombardeariam Jesus?



Outro grande fato seria "como acreditar que é Jesus?". Para muitos, ele teria que fazer algo sublime para que todos se convencessem de tal fato. Mas e depois? É aí que uma Guerra Mundial se iniciaria. Mostrando tais fatos, organizações científicas iam cair em cima dele, para capturá-lo e estudar seu corpo e genes.

Sem contar, é claro, com as religiões que são completamente contra Cristo. Religiões radicais como o Islã, poderiam até comprometer todo o país e/ou região que ele estaria, pois poderiam querer vir a destruir completamente ele...

E até mesmo a própria religião cristã e evangélica poderiam botar ele risco... Pois estariam tão atrás de sua graça, que podem vir a fazer de TUDO para trazê-lo por perto.

Há também os protestos civis e caos de vir a chamar o acontecimento de Apocalipse. Será que valeria realmente a pena ele vir à Terra? Será que sua vinda traria paz e glória, ou apenas criaria mais guerras, caos e miséria?



20 de mai de 2015

Conheça Calendário Teórico Sobre o Futuro do Universo

GALILEU reuniu teorias, previsões feitas por especialistas, geólogos, físicos, matemáticos, biólogos... e construiu uma espécie de calendário do universo. Nele, é possível ver uma teoria de qual será o futuro da humanidade, do Sistema Solar, da Via-Láctea, e do próprio Universo.


 

12 de mai de 2015

Självmord


Na internet há dezenas de vídeos bizarros que ao longo do tempo se mostram perturbadores e paranoicos, seja no YouTube, 4chan, fóruns... Alguns são conhecidos como Shrek is Love..., outros mais clássicos como Shakkzcar Sheivirre e Zm91bmRvbnRoZXRhcGU=...

Desta vez falaremos de um vídeo em desenho animado. Sua repercussão começou em 2010, quando uma usuária sueca no YouTube com nick de zorboz e alguns números na frente. O vídeo se inicia normalmente (estranho, mas normal), porém, durante o vídeo, imagens de mutilação são rapidamente mostrados (tipo aquelas imagens assustadoras do canal do Silvio Santos em que surgem imagens de perfume), e a cada imagem, a expressão do boneco muda.

É também possível ouvir um som de choro que estaria em "terceiro plano", onde teria sido distorcido ou vindo do além. O vídeo havia sido removido do YouTube, por razões óbvias, mas como BR não perdoa nada, dezenas de usuários BR's haviam salvo o vídeo e a cada vez que acaba sendo excluído, não demora muito e lá está o vídeo novamente (AQUI É BR POHAA AUEHAUEHAUHE).

Confira por si próprio, não recomendado para pessoas sensíveis ou com esquizofrenia... E medrosos.

Segundo relatos, a garota que o publicou inicialmente, se matou enforcada um mês após a publicação.



9 de mai de 2015

O Verdadeiro Lord Voldemort

Você sabia que o bruxo maléfico de Harry Potter, Lord Voldemort, realmente existiu? Ou quase...



VIDA E MORTE

A verdade é que Thomas Riddle existiu (apesar de que fãs da série haters digam que é mentira; existiu um homem chamado Thomas Riddell, que era conhecido por sua grande influência como feiticeiro na cidade de Edimburgo, na Escócia. 

Thomas Riddell era um homem popular na cidade de Edimburgo, na Escócia. Mas sua fama não era nada boa, muito pelo contrário, ele era conhecido por seus rituais de magia negra, bem como suas feitiçarias.

O homem fora acusado pela morte de quase cem pessoas, quando escapou da prisão utilizando “magia negra”.Logo após sua fuga, milhares de pessoas foram morrendo aos poucos, as quais sempre eram atribuídas como causa da morte, poções e rituais de feitiçaria demoníaca. Ao todo, foram pelo menos 18 mil mortes ligadas aos rituais mágicos de Riddell.

Algum tempo depois, o corpo dele foi encontrado em uma floresta, próxima a cidade de Edimburgo. Foi enterrado no cemitério Greyfriars.



Até então, tudo resolvido. Mas em 1999, um homem embriagado buscava um local seco para dormir em meio a forte chuva que caía na cidade. Infelizmente, o homem foi encontrar abrigo logo no túmulo, já quase coberto, de Thomas.

Enquanto se ajeitava entre as pedras, ele acabou quebrando a lápide ilegível e caindo dentro do túmulo. A terra desmoronou, e o homem adentrou o antigo caixão, já completamente apodrecido.



Ele saiu correndo assustado, espalhando os ossos de Thomas que ficaram presos em suas roupas por vários locais do cemitério. Infelizmente, nem todos os ossos foram encontrados. Coisa que, na época, foi atribuído ao grande número de cachorros que rondavam o cemitério abandonado, há muito tempo.

GREYFRIARS

Depois da morte de Riddel, o local começou a ser palco de muitos eventos macabros. O primeiro incidente relatado aconteceu quando um homem, que cuidava de uma pequena plantação ao lado do cemitério, desmaiou dentro no local e veio a falecer. Depois disso, os eventos tornaram-se ainda mais comuns. Pessoas que passeiam pelo local acabam tendo seus braços ou pernas quebradas, misteriosamente. Mesmo sem haver nenhuma queda.



As ocorrências foram tantas, que uma lei municipal foi criada para impedir que as pessoas circulassem dentro do cemitério, em qualquer hora do dia. Para garantir que tal ordem fosse cumprida, a polícia local montou um posto de guarda, do lado de fora do cemitério. Desde aí, o local ficou conhecido como “Cemitério do Mal”. Recentemente, ele foi aberto para visitações, mas os visitantes entram em duplas, sempre com um guia especializado em fenômenos paranormais.

Além disso, é impossível chegar ao local onde está o que sobrou dos ossos de Thomas. Porém, mesmo assim, estima-se que pelo menos cem pessoas tiveram os ossos quebrados, enquanto visitavam o cemitério. Pelo menos três vezes maior é o número de pessoas que desmaiaram ou passaram mal, dentro do cemitério do mal. Tanto o governo, quanto os guias locais, não se responsabilizam pelo o que vier a acontecer com as pessoas, no interior do cemitério.

Com a popularização, em toda a Escócia, do que ocorre no Cemitério do Mal, vários habitantes da região tentaram realizar sessões de exorcismo ou orações no local, a fim de expulsar o espírito do antigo feiticeiro. Mas de nada adiantou. Muito pelo contrário, a cada tentativa de retaliação feita pela população, os ataques se tornam mais frequentes e perigosos, sem contar no fato de que seis pessoas já morreram no local, tentando “expulsar” o demônio que habita aquelas terras.

Ainda em 2015, um grupo de pesquisadores passou cerca de uma semana acampado no cemitério, no intuito de levantar informações sobre o que ocorre dentro do cemitério. Felizmente, nenhum dos pesquisadores morreu (lá dentro). Mas o que acharam por lá foi extremamente macabro. Segundo os dois pesquisadores, que ainda estão vivos (os outros dois se suicidaram, pouco mais de um mês depois da pesquisa), dentro do local existem muitas manifestações sobrenaturais.

Ainda segundo eles, é possível que haja uma certa organização de “almas”, onde o feiticeiro controla as demais. De acordo com seus depoimentos “foi como passar uma semana no inferno”, o período em que ficaram no Cemitério do Mal. Atualmente, os pesquisadores estão inacessíveis. Um deles, HerbetWahs, está sob custódia da polícia de Edimburgo e o segundo, ElligtonWahs está em uma clínica de reabilitação para lunáticos, pois tem sérias crises de pânico.


Que me dizem... Verdade ou mentira? Como fã da série só posso dizer... PARTIU GREYFRIARS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...