Páginas

29 de out de 2014

Universos Entrelaçados

Todos já ouviram falar de portais dimensionais e universos paralelos, não é? (Confira sobre AQUI e AQUI) Bem, simplificando, poderia ser uma "segunda, terceira, quarta vida" sua. Como uma vida paralela a sua, com finais alternativos. Por exemplo: Já esteve na situação de ter tido alguma escolha, tê-la feito, e anos depois se perguntar "e se eu tivesse feito da outra maneira?" "e seu eu tivesse aceitado tal coisa..." "e se não conhecesse tal pessoa..." entre outros? Pois bem, esses universos paralelos poderiam, hipoteticamente, ser várias vidas alternativas, como um universo em que você vive em que não conhece tal pessoa, ou que não tenha feito algo, ou que tenha matado (ou não matado) alguém, entre infinitas outras coisas...

Pois então, sei que já passou por tudo que mencionei a cima (se falar que não vai levar um tiro de bazooka no c*). E é nesse assunto que entra o tema do post.



Se existem outras linhas alternativas de sua vida, ninguém pode confirmar, mas não é impossível. Funcionaria quase que como um Matrix. Imagine mil linhas temporais. Você agora está vivendo uma delas, enquanto há outras 999 linhas com sua vida de forma alternativa... Até ai tudo bem, dimensões e espaço-tempo diferentes. Mas... Logicamente, deveriam estar conectadas de algum modo, não?

Alguma vez você machucou o pé tropeçando em algo, mas não achou nada no chão? Ou tem uma rota para serviço/escola todos os dias, e em certo ponto alguma vez teve a impressão de ver alguma coisa diferente no caminho, mas que nunca antes estava lá, nem depois? Ou já comeu algo, que, estranhamente, antes de provar pela primeira vez, de alguma forma sabia o gosto? Ou até mesmo Deja Vú de algum lugar? Bem, a teoria dos universos entrelaçados, diz que essas impressões e acontecimentos seriam influência de outra linha de vida que "cruzou" a sua. Usando o primeiro exemplo, seu eu em outra linha temporal bateu o pé e doeu, e influenciou o mesmo em você (já que é a mesma pessoa), e sentiu a dor... Engraçado, não? Mas não impossível.

As linhas de tempo alternativas, seriam desregulares. Como fios de linha uma do lado da outra, em que em alguns pontos, uma atravessa por cima de outra, e vice-versa. Como seria sua vida agora se houvesse casado com uma outra pessoa que já fora apaixonado, porém romperam namoro? Ou se um dos seus pais já houvesse morrido? Ou se você tivesse sido atropelado naquela vez em que atravessou a rua imprudentemente e quase fora pego por um carro? E se não houvesse brigado com aquela pessoa? E se tivesse abandonado a escola? E se tivesse ganhado aquela competição? Perguntas, perguntas e mais perguntas sem resposta... Mas que é exatamente o que seria nas linhas alternativas.

Os cientistas mais fanáticos pelo assunto, afirmam que um dia será possível romper a barreira, e olhar/adentrar alguma dessas linhas... Já imaginou ver-se a si próprio com outra vida... Curioso, não? Reflita sobre isso...


Peregrinos para Marte: Não Sobreviverão

E mais uma vez voltamos a falar do grandioso e belo maravilhoso grandioso estupendo e fantástico projeto privado para colonização de Marte, a Mars One. Já houve muito inquérito sobre o projeto, desde golpe publicitário, até a revolução milenar. Para os que ainda não bem conhecem, é um projeto que reunirá quatro pessoas entre 200.000 candidatos de todas as partes do mundo para treiná-los, e enviá-los para Marte em 2024 para colonizar o planeta. Confira mais AQUI.



Bem, a viagem para colonização será sem volta. E um estudo científico recente diz que os pioneiros morrerão a partir do 68º dia da missão. Cinco estudantes de aeronáutica do prestigioso Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) chegaram a esta conclusão, após terem analisado os dados científicos disponíveis sobre a missão, que a empresa pretende transformar em um 'reality show'.

Segundo o informe de 35 páginas, que analisa com gráficos e fórmulas matemáticas recursos como oxigênio, nutrientes e tecnologias disponíveis para o projeto, a morte do primeiro pioneiro "ocorrerá aproximadamente aos 68 dias de missão, por asfixia".

As plantas, que teoricamente devem alimentar os colonos, produzirão oxigênio demais e a tecnologia para equilibrar a atmosfera "ainda não foi desenvolvida", afirmam os autores do estudo.

Além disso, os colonos dependerão do envio de peças de reposição em uma missão que poderá custar US$ 4,5 bilhões, uma cifra que, segundo os autores do informe, aumentará com o envio de outros equipamentos.

Lansdorp, criador do projeto holandês, detonou a pesquisa, e disse que foram apresentados com base em dados incompletos.

Join the tripulation... Join the intergalact life... Join the Mars... Join the new frontier... 


28 de out de 2014

Ebola: Caminho para Dizimação Humana?

Bem... Não foram poucas vezes que se foi ouvido falar que caso haja uma Terceira Guerra Mundial, será uma guerra tanto química/biológica quanto entre armas, soldados e bombas. E que essa guerra química seria a devastação do mundo, envolvendo radiação, nano-armas, fungos, vírus, entre outros... Bem, e atualmente, há diversos vírus sem cura (os variados tipos de câncer, AIDS, etc). E quase todos, principalmente a AIDS, provêm dos países africanos, mas vamos falar disso mais para frente. Vamos destacar agora a nova epidemia viral, o Ebola.




É um vírus relativamente antigo, porém possuem 5 espécies dentro dele, sendo eles  Bundibugyo Ebolavirus, Reston Ebolavirus, Sudão Ebolavirus, Ebolavirus Taï Floresta e Zaire Ebolavirus. O Zaire Ebola é o vírus mais perigoso e mortal. As outras espécies são mais controláveis, menos perigosas, e existem em pequenos casos (é quase como comparar as gripes e resfriados comuns em relação a H1N1).

Houve um surto epidêmico do Ebola por volta de 1976, com várias mortes, mas não tardou a "sumir". E há algumas semanas, o vírus voltou a ativa, e até mais "forte" e letal. Os casos graves começaram nas redondezas de Guiné, se espalhando para Libéria, Serra Leoa e Senegal. Nigéria, Mali, e RDC (República Democrática do Congo) já estão começando com casos graves. E países ricos em pesquisa científica, como Alemanha, Noruega, Estados Unidos, França e Espanha já evacuam pesquisam e limitam entradas em seus países por aeroportos.

A Austrália foi mais radical, e fechou suas portas para pessoas de países com contaminação do Ebola, cancelando vistos e venda de passagens.



Em um estudo feito pelo Instituto Broad e Universidade Harvard, em parceria com o Ministério da Saúde e Saneamento de Serra Leoa, pesquisadores podem ter fornecido informações sobre a origem e transmissão do vírus Ebola que define este surto além de surtos anteriores. Para este estudo, 99 genomas de vírus Ebola foram coletadas e sequenciados a partir de 78 pacientes diagnosticados com o vírus Ebola, durante os primeiros 24 dias do surto na Serra Leoa. A partir das seqüências resultantes, e três seqüências já publicadas da Guiné, a equipe encontrou 341 alterações genéticas que tornam o surto distinto de surtos anteriores. Ainda não está claro se essas diferenças estão relacionadas com a gravidade da situação atual. Cinco membros da equipe de pesquisa ficaram doentes e morreram de Ebola antes do estudo ser publicado em agosto.

Não está totalmente claro como um surto de Ebola começa. Acredita-se que a infecção inicial para ocorrer de um vírus Ebola é transmitido a um ser humano através do contato com fluidos corporais de um animal infectado. A evidência implica fortemente os morcegos como os hospedeiros de vírus Ebola. Os morcegos soltam as frutas parcialmente comidas e celulose, na terra para os mamíferos, como gorilas, que alimentam-se desses frutos caídos. Esta cadeia de eventos forma um possível meio indireto de transmissão do hospedeiro natural de populações animais.

Humano para humano transmissão ocorre apenas através do contato direto com sangue ou fluidos corporais de uma pessoa infectada que está mostrando sinais de infecção ou por contato com objetos contaminados recentemente por uma pessoa ativamente doente infectado

Os sinais e sintomas do Ebola geralmente têm início de forma súbita ao longo de um estágio inicial semelhante à gripe e caracterizado por fadiga, febre, dor de cabeça e dores nas articulações, musculares e abdominais. Em metade dos casos os pacientes apresentam exantema maculopapular.

Todas as pessoas infetadas mostram sintomas do envolvimento do sistema circulatório, como coagulopatia (coagulação sanguínea).



Os sintomas surgem cerca de duas semanas após a contração do vírus... E é quase que morte certa... Seria esse o caminho para um dito apocalipse viral? Um futuro apocalipse zumbi, que seja? Há quem diga que são o tipo de vírus solto apenas em países pobres (principalmente os africanos) para controle mundial, mas que os fornecedores não esperam que espalhe assim... Seria isso? Já que vale relacionar que a AIDS também vem de lá, assim como vários tipos letais de câncer...

Enquanto missionários dizem do fim do mundo com explosões solares e enchentes, os mais especialistas descrevem o fim do mundo com água acabando, viroses ou guerras por restantes territórios férteis... Devemos apenas aguardar.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...