Páginas

25 de mai de 2014

Como a Bíblia Descreve os Dinossauros?

#Ratsin

Nas citações bíblicas, perdoem se algumas frases não coincidirem, foram traduzidas do grego e hebraico...


Sabemos com certeza que os dinossauros existiram. Ossos e dentes destas criaturas misteriosas foram inicialmente identificados com precisão no início de 1800. Em pouco tempo uma variedade de diferentes dinossauros foram distinguidos, e, desde então, seus restos mortais foram encontrados em todo o mundo.

Em 1842, um cientista Inglês, Dr. Richard Owens , apelidou os enormes seres reptilianos de "lagartos terríveis" e, posteriormente, "dinossauros", como eles vieram a ser chamados.

A partir do momento em que foram descobertos, os dinossauros têm fascinado os seres humanos. Reconstruções ósseas em tamanho real partir de fósseis e ossos são atrações populares em muitos museus. Os filmes de Hollywood sobre dinossauros trouxeram em milhões de dólares. Mas dinossauros chamam a atenção de escritores da Bíblia? Podemos encontrar estes "lagartos terríveis" na Bíblia?

E, se Deus criou os dinossauros, o que aconteceu com eles? Os dinossauros se tornaram extintos milhões de anos atrás? E, porque?


A questão de quando os dinossauros existiram é complicado. Há duas escolas básicas de pensamento no cristianismo em relação à data de criação e a idade da Terra: Criacionismo da Terra Jovem e Criacionismo da Velha Terra.

Em geral, os criacionistas da Terra Jovem acreditam que Deus criou o mundo conforme detalhado no Gênesis cerca de 6.000 - 10.000 anos atrás. Em contraste, a velha Terra criacionistas abrangem uma variedade de pontos de vista.

Jovens criacionistas da Terra geralmente acreditam dinossauros coexistiram com os homens. Alguns até afirmam que Deus incluía dois de cada um sobre a Arca de Noé, mas assim como outros grupos de animais, eles se tornaram extintos algum tempo depois do dilúvio. Velhos criacionistas da Terra tendem a concordar que os dinossauros viveram e morreram muito antes dos humanos povoaram a terra.

Então, ao invés de teorias de criação de debate, com a finalidade desta discussão, vamos ficar com uma pergunta mais fácil: Onde encontramos dinossauros na Bíblia?

Gigantes Reptilianos / Dragões da Bíblia

Você não vai encontrar "Tyrannosaurus Rex" ou o termo "dinossauro" em qualquer lugar na Bíblia. No entanto, a Escritura faz uso da palavra hebraica tanniyn para descrever uma criatura misteriosa parecida com um réptil gigante. Este ser aparece 28 vezes no Antigo Testamento, com traduções para o inglês se referindo a ele na maioria das vezes como um dragão, mas também como um monstro marinho, serpente e baleia.

O termo se aplica a um monstro da água (tanto marinhas quanto de rio), bem como um monstro da terra. Muitos estudiosos acreditam que os escritores bíblicos usavam ​​tanniyn para descrever imagens de dinossauros na Bíblia. 

Ezequiel 29:3 
"... falar, e dize: Assim diz o Senhor Deus: "Eis que eu sou contra ti, ó Faraó, rei do Egito, o grande dragão, que está no meio de seus córregos, que diz: "Minha é Nilo meu próprio, eu fiz para mim."

Behemoth, o Monstruoso



Além de répteis gigantes, a Bíblia também inclui várias referências a um animal monstruoso e poderoso, especificamente chamados de Behemoth no livro de Jó:

Jó 40:15-24 
"Eis que Behemoth, que eu fiz, como eu fiz,.. ele come erva como um boi Eis que a sua força nos seus lombos, e o seu poder nos músculos do seu ventre. Ele faz sua dura cauda como um cedro; os nervos das suas coxas são entretecidos. Seus ossos são tubos de bronze, os seus membros, como barras de ferro. Ele é o primeiro das obras de Deus; Aquele que o fez trazer perto de sua espada! Para as montanhas produzir comida para ele, onde todas as feras jogar. Sob as plantas de lótus ele profere mentira, no abrigo das canas e no pântano. Por sua sombra os lotos cobrem-; os salgueiros do ribeiro o cercam. Eis que, se o rio é turbulento, ele não tem medo; ele está confiante, embora Jordan corre contra sua boca. Pode-se levá-lo pelos olhos, ou furar o nariz com um laço?"

A partir dessa descrição do Behemoth, parece possível que o livro de Jó estava descrevendo um gigante, que se alimentam de vegetação saurópode .

O Antigo Leviatã
Da mesma forma, um grande dragão do mar mitológico, a antiga Leviatã, aparece várias vezes na Escritura e na outra literatura antiga:

Isaías 27:1 
"[...] Naquele dia o Senhor com a sua dura espada, grande e forte, o leviatã, a serpente em fuga, o leviatã, a serpente tortuosa, e matará o dragão, que está no mar. [...]"

Salmo 74:14
"Você esmagado as cabeças do Leviatã; você deu a ele como alimento para as criaturas do deserto."

Job 41:1-34 descreve a torção, o Leviatã como uma serpente, como em termos, de um dragão feroz respirando fogo: "Os seus espirros fazem resplandecer a luz ... Da sua boca saem tochas; faíscas de fogo salto para sair do seu. narinas sai fumaça ... Sua respiração acende brasas, e uma chama sai da sua boca. "

Estas criaturas obscuras desafiam a classificação zoológica e levam alguns intérpretes a pensar que os escritores da Bíblia podem ter sido tornando imagens de dinossauros.

Assim, enquanto os cristãos têm dificuldade de concordar sobre o cronograma e extinção dos dinossauros, a maioria acredita que eles existiam. Não requer muito cavar para ver que a Bíblia concilia essa crença com apoio razoável para a sua existência. Até lá, fica a escolha de os ver cientificamente, ou, religiosamente.


Fontes: http://christianity.about.com/
answersingenesis.org
www.gotquestions.org
o-nekros.blogspot.com
www.oodegr.com
apeleytheros.wordpress.com

22 de mai de 2014

Sétimo Filho do Sétimo Filho

#Ratsin

Sete pecados mortais
Sete maneiras de vencer
Sete caminhos sagrados para o inferno
Sete declives
Sete malditas esperanças
Sete são seus fogos ardentes
Sete são seus desejos

Uma criança está para nascer. "Criança da Lua" como diz a profecia. O demônio agita-se sobre seu descanso. A linhagem é antiga, de uma lenda que ocorre a cada milênio. A mãe o protege em seu abençoado ventre. Lúcifer, lhe manda avisos. Lúcifer, o portador da luz. Lúcifer, o mesmo que concedera conhecimento à Adão e Eva. "Não se atreva a salvar seu filho; mate-o agora e salve os infantes. Seja mãe de uma criança recém-nascida estrangulada".

Os avisos chegam acompanhado de pesadelos e visões. A mãe da sétima criança, a mãe, a sétima filha. A profecia diz fielmente sobre o tormento da sétima criança da sétima mãe: se morresse por suicídio, haveria de ser condenado, e se testastes salvar a própria alma, Lúcifer e Mefistófeles lhe atormentariam por toda eternidade, ele não cresceria.

"Sete anjos, sete demônios disputam sua alma
Quando Gabriel dormiu, a criança nasceu para morrer
Para cada pecado que cometer
Irá pedir perdão, e eu não darei"

O pai do sétimo filho, um ateu. Dizia-se ateu. Porém, o anjo caído o perseguia. Visões tão aterradoras quanto de sua esposa. Quando dormia, passava de um pesadelo para outro, quando acordado, via as imagens de seus pesadelos. O pai, o sétimo filho de uma família pobre. Futuro pai de seu sétimo filho. Atormentado como um ladrão castelhano.

Porque ele? O que, de tão ruim, aconteceria se a possível criança da profecia chegasse a nascer? Uma pessoa podia responder a isso, pensou ele. O profeta do reino.

Assim, ele viajou rumo aos Montes Tempestuosos atrás do grande vidente. Dias caminhando, escapando de ladrões e benfeitores. Passando despercebido por prazeres nas estradas. O anjo caído o perseguia aonde quer que fosse.

---------------------------------------------------------------------------

"Dê-me o senso de perguntar
Perguntar se eu sou livre"
Disse ele ao vidente
"Dê-me o senso de perguntar
De saber que eu posso ser eu mesmo"

O vidente apenas o encarava. O homem queria cuspir na cara do velho, derrubar suas paredes, e se livrar de tudo. Apenas isso.

Ele estava louco.

"O profeta olha em sua bola de cristal
Não há visão nenhuma lá afinal
O profeta olhou e riu de mim
Ele disse 'você é cego demais para ver'"

Ele grita com o velho
"Não minta, não diga que não sabe
Você pagará por sua brincadeira
Neste mundo ou no próximo"

O vidente demonstra sua súbita fúria. O vidente encara seu cliente com um olhar frio, vazio, sombrio. As chamas do próprio inferno queimaram em seus olhos. Ele disse "Você quer saber a verdade, filho? Eu vou te dizer a verdade. Sua alma vai queimar em um lago de fogo. Eternamente, seja lá o que isso significa para você".

------------------------------------------------------------------------------------

O dia chega. Meses se passaram. Avisos foram mandados. Véspera da profecia. O pai da sétima criança está em seu leito de morte. A cama fria, rodeada por sua esposa e quatro de seus seis filhos nascidos."E eu rezarei por ti. Gritarei seu nome alto. Eu sangrarei por você." disse ele em suas últimas palavras.

Ali estava a sétima ovelha morta. Nascido e batizado junto ao círculo de fogo. "Talvez algum dia eu retorne, não chore por mim" disse ele.

------------------------------------------------------------------------------------

"Aqui eles resistem, todos irmãos
Todos os filhos divididos eles cairiam
Aqui aguardam o nascimento do filho
O sétimo, o santo, o escolhido

Aqui o nascimento de uma linhagem perfeita
Nasce o que cura, o sétimo, a vez dele
Abençoado sem saber, a medida que sua vida se descortina
Vagarosamente expondo o poder que ele detém

Óh, Sétimo filho de um sétimo filho

Hoje nasce o sétimo
Nascido de uma mulher o sétimo filho
E ele, por vez, filho de um sétimo filho
Ele tem o poder para curar
Ele tem o dom da segunda visão
Ele é o escolhido
Assim deve ser escrito
Assim deve ser feito"

O bem e o mal tentam ganhá-lo. Nos braços da mulher, o filho santo reside. Uma guerra entre o anjo caído e o próprio Gabriel se entrelaça, pela benção da sétima criança. O vilarejo tanto esperou por este dia, tanto por medo quanto por curiosidade. O começo da profecia se realizou. A sétima criança nasceu, e seu pai morreu.

--------------------------------------------------------------------------------

O que fazer, quando se descobre que uma profecia antiga e poderosa está dentro de ti? Essa era a pergunta do nosso sétimo descendente...

Ele, por seu destino, decidiu aceitar seu cargo. Ele via o caos eminente ao vilarejo todo. "Acreditem em mim" ele dizia "sou o verdadeiro sétimo filho, o profeta que tem a segunda visão... Por favor me ouçam". A desgraça ele enxergava. Lúcifer sorria sobre o povoado. O gritos dos sete silvos ecoam.

*

A devastação da peste finalmente chega. "Agora que eles vêem que o desastre já ocorreu. Agora eles colocam toda a culpa em mim. Eles sentem que eu trouxe uma maldição. Não sabem eles que o tormento. Continua comigo, sabendo que eu ando sozinho. Pelos olhos do futuro eu vejo. Eles nem mesmo sabem o que é o medo. Eles não sabem o que é ser amaldiçoado".

As almas acenavam para o sétimo filho. Ele sabia que tudo aquilo ocorreria, mas nada pôde fazer para impedir. Ele ouve o chamado das sete trombetas, Lúcifer gargalha, o inferno o espera.

"Eu tive a vida deles em minhas mãos. Seus destinos, suas fortunas, em minhas visões. Ninguém acreditou em minha profecia de verdade. E agora é tarde demais.

Mas, como o antigo testamento de sua profecia dizia, ele finalmente enxerga. O poder que lhe foi dado foi uma dádiva, porém, um castigo que teria de suportar. Ele estava prestes a morrer cedo. Existe tempo de viver e tempo de morrer. Quando é a hora de encontrar o criador. Existe um tempo para viver, mas não é estranho. Que assim que você nasce você esteja morrendo.

Ele pode ver seu futuro. Penetrar em sua mente, ver suas verdades e mentiras. Mas, diante de todo seu poder, não podia prever a própria morte.

Só os bons morrem cedo.

O demônio em sua mente o estuprará à noite em sua cama. Seu destino é selado. A lua é vermelha e sangrenta; O sol está queimado e preto; O livro de vida está calado; Não há como voltar atrás... Só os bons morrem jovens, todo o mal parece viver para sempre.

Lúcifer venho buscar-lo, com as palavras "Meça seu caixão, ele mede até sua luxúria? Então, acho que deixarei você com seus bispos e sua culpa. Então, até a próxima. Tenha um bom pecado"...


Fontes: wikipedia
Livro "Sétimo Filho"
britainmedia.com
historic-european.com

Montségur

#Ratsin


Montsegur é um castelo, situado no Monte Montségur, na região de Midi-Pyrénées, na França. Faz parte atual da liste de Castelos Cátaros. Encontra-se a 1.207 metros de altitude. Foi implantado no local arrasado da antiga aldeia fortificada que constituía, até ao cerco de 1244, o local de resistência dos cátaros. As cotas arquiteturais demonstram que o atual castelo foi construído com base na antiga medida da vara inglesa que apenas foi introduzida ulteriormente, o que demonstra que este foi parcialmente reconstruído pela família do novo senhor de seus domínios, o Marechal da Fé Guy II de Lévis, após a sujeição dos cátaros em 16 de março de 1244.

O castelo foi inicialmente feito sob o comando de Raymond de Péreille, na vila de Castrum, ou, também chamada, de Monstségur II. Desde o mando de Raymond, ouve 4 tentativas de posse:

- 1212: Guy de Montfort, irmão de Simon IV de Montfort tentou um primeiro assalto;
- 1213: Simon IV de Montfort repetiu a tentativa;
- 1241: Raymond VII de Toulouse, sob as ordens de Luís IX de França começou um cerco que levantou sem mesmo tentar um assalto;
- 1243: Uma tropa seguiu Hugues d'Arcis até Montségur.

O equilíbrio de forças durou até ao Natal de 1243, quando um punhado de "alpinistas" logrou, após uma audaciosa escalada noturna, assenhorear-se da torre de vigia. A partir deste momento, um "trébuchet" foi içado e ali instalado, passando a atirar, sem descanso, sobre a posição cercada, conforme o testemunham as inúmeras bolas de pedra cortada encontradas no sítio. Cerca de um mês mais tarde, talvez após uma traição local, a barbacã caiu nas mãos dos assaltantes. Um último assalto, lançado em fevereiro foi rechaçado, mas deixando os defensores extremamente enfraquecidos.


Após a posse da família de Lévis, o castelo foi ultimamente reinado por Napoléon Peyrat (mas este não durou tempo considerável).

Reza a lenda, de que um antigo tesouro, o tesouro dos cátaros, ainda se encontra em alguma parte do castelo. Durante uma pequena guerra, Mathieu e Bonnet fugiram a cavalo com um tesouro. Bonnet foi derrubado no caminho por soldados inimigos, e Mathieu retornou pelos fundos do castleo, e o escondeu em alguma parte da grande Montsegur. E, durante algumas partes do dia, é possível ouvir susurros dos soldados que morreram tentando encontrá-lo.


Fontes: Wikipedia
russianbooks.com
renneslechateau.com
barnesandnoble.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...